WhatsApp adito, eu?

 

Todos sabemos que nossas crianças estão cada vez mais perdidas nos seus joguinhos internéticos, nas telas dos smartphones e computadores. E nós? Será que nos damos conta do que ocorre cada vez que soa o alarme de uma mensagem nova no WhatsApp?

 
Se dermos uma pequena pesquisada sobre adição ao WhatsApp, ( WhatsApp addiction), perseguição no WhatsApp (WhatsApp stalking) , veremos milhões de artigos, pesquisas acadêmicas, livros, tentando compreender este fenômeno que acomete cerca de 400 milhões de pessoas no mundo todo e que cresce a uma média de 1 milhão de pessoas ao dia.

 
Há testes para verificar o grau de adição, com perguntas do tipo: você checa o seu WhatsApp logo que acorda pela manhã e antes de dormir, você fica feliz quando recebe o sinal de mensagem, você se desespera se alguém não responde à sua mensagem apesar de tê-la lido, você fica inquieto e ansioso se não há acesso ao wifi, sentindo que está perdendo algo importante? etc.

 
Há até aplicativos para monitorar sua adição e mostrar quando deve sair do aplicativo porque sua quota diária já se esgotou. ( Breakfree).  O que há de tão aditivo neste aplicativo, afinal? Há muitas explicações, mas as que eu julguei importantes são as que se referem ao narcisismo humano e à necessidade vital, que todos temos, de nos sentirmos estimados e inseridos num grupo de pertinência humana.

 
O WhatsApp nos dá acesso a vários grupos e nos confere uma identidade digital. Fazemos alianças pessoais nestes grupos, recebemos confirmações de nossa importância, inteligência, sex-appeal, etc. Ou, ao contrário, recebemos críticas, rejeição, desprezo. Vivemos num verdadeiro teste sociométrico constante, avaliando os outros e sendo avaliados por eles, numa alternância de euforia egóica ( sou amado, admirado), e depressão melancólica (ninguém nunca gosta de mim, ninguém me responde, etc. ).

 
E o pior é que perseguimos as razões alheias e tecemos diálogos internos sobre as motivações dos outros sem checarmos a realidade de nossas presunções. Por exemplo: por que ele não respondeu à minha mensagem se está online? Com quem estará falando? Ela nem leu o que escrevi, etc.

 
É provável que um telefonema à pessoa em questão resolveria, rapidamente estas perguntas todas e recolocaria nosso ego no lugar certo. Afinal nós não somos o centro do mundo e nem tudo tem a ver conosco. O outro pode estar doente, ter problemas mais urgentes, enfim, realmente, acreditem, ser outra pessoa, com direito a existência e razões próprias.

 
Paradoxalmente, preenchidos superficialmente em nossa necessidade de contato, nunca estivemos tão sozinhos, presos em nossas especulações narcísicas, como uma cobra que come o próprio rabo

 

 

.

 

 

 

 

 

 

.

5 de julho de 2017

WHATSAPP ADITO, EU ?

WhatsApp adito, eu?   Todos sabemos que nossas crianças estão cada vez mais perdidas nos seus joguinhos internéticos, nas telas dos smartphones e computadores. E nós? Será […]
21 de junho de 2017

ANSIEDADE, UMA DOENÇA CULTURAL? ROSA CUKIER

ANSIEDADE, UMA DOENÇA CULTURAL?   ROSA CUKIER   Vocês já conhecem o spinner? É um peão metálico que gira rapidamente, nunca para, apenas acelera cada vez mais, […]
15 de fevereiro de 2017

QUE TAL UMA SESSÃO PSICOTERAPÊUTICA VIA SKYPE OU UM APLICATIVO CONTRA A DEPRESSÃO, ANSIEDADE, OU INSÔNIA?

 QUE  TAL  UMA  SESSÃO  PSICOTERAPÊUTICA  VIA SKYPE OU UM  APLICATIVO CONTRA A DEPRESSÃO, ANSIEDADE, OU INSÔNIA?       Vocês sabiam que já existem cerca de […]
5 de setembro de 2016

ESTRESSE PÓS TRAUMÁTICO: o que um combatente de guerra tem a ver com violência doméstica?

ESTRESSE PÓS TRAUMÁTICO: o que um combatente de guerra  tem a ver com violência  doméstica?   O estudo do estresse Pós Traumático tem crescido substancialmente nos últimos […]
5 de abril de 2016

COMO FALAR COM SEU FILHO ADOLESCENTE

    Falar com filhos adolescentes  não é fácil, invariavelmente os limites impostos pelos pais à rotina de festas, amigos, estudos, computador , gera enormes conflitos.    […]
26 de fevereiro de 2016

PÁRE DE ELOGIAR TANTO O SEU FILHO!

PÁRE DE ELOGIAR TANTO O SEU FILHO! ELOGIO CRÔNICO FAZ MAL!   PÁRE DE ELOGIAR TANTO O SEU FILHO!  Todos nós queremos que nossos filhos sejam […]
18 de fevereiro de 2016

Entrevista com Elisabeth Badinter

ENTREVISTA COM ELISABETH BADINTER,  autora do livro “O Mito do Amor Materno” A filósofa francesa Elisabeth Badinter é autora da teoria de que o instinto materno não […]
13 de dezembro de 2015

ABUSO SEXUAL INFANTIL-Fale com seu filho

ABUSO SEXUAL INFANTIL-fale com seu filho O Abuso sexual infantil pode ser previnido. 1 entre 4 meninas e 1 entre 6 meninos tem chance de ser […]
1 de dezembro de 2015

DINHEIRO E CASAMENTO

DINHEIRO E CASAMENTO                                  Rosa Cukier     Brigas por dinheiro […]
16 de novembro de 2015

AULAS DE PSICODRAMA ONLINE

AULAS DE PSICODRAMA ONLINE Aulas de psicodrama online podem ser encontradas na sessão de cursos para compra  do site de ROSA CUKIER ( www.rosacukier.com.br), aonde a autora  oferece suas principais […]
7 de novembro de 2015

CODEPENDÊNCIA– você conhece alguém que sofre deste mal?

CODEPENDÊNCIA– você conhece alguém que sofre deste mal?   Codependência é um mal típicamente humano. Alguém já disse, brincando, que a diferença entre o homem e […]
4 de novembro de 2015

WORKSHOP ROSA CUKIER

 WORKSHOP ROSA CUKIER Estarei realizando um Workshop , aqui em São Paulo, na quarta feira, 25 de novembro, das 19:oo às 23:00. O Psicodrama Bipessoal é […]
21 de outubro de 2015

RAIVA,APRENDA A USAR

RAIVA , APRENDA A USAR  CONSTRUTIVAMENTE Adam Blatner, PHD. Médico psiquiatra Americano, atualmente aposentado, desenvolveu sua prática clínica e psicodramática em Palo Alto na Califórnia . Atualmente […]
21 de outubro de 2015

BRIGAS DE CASAL-DICAS

BRIGAS DE CASAL-DICAS   MODERAÇÃO — Todo mundo fica um pouco maluco em relacionamentos, mas um casal precisa se revezar, não podem ficar malucos ao mesmo […]
18 de outubro de 2015

É PARA O SEU PRÓPRIO BEM!

É PARA O SEU PRÓPRIO BEM!   Pais , mães , maridos e esposas abusadores frequentemente argumentam que suas atitudes são para o próprio bem da […]
7 de outubro de 2015

ABUSO EMOCIONAL INFANTIL –

ABUSO EMOCIONAL INFANTIL   ABUSO EMOCIONAL INFANTIL – resulta de uma confusão de fronteiras dentro da família e a uma reversão da ordem da natureza: são […]
26 de setembro de 2015

COMO FALAR DO DIVÓRCIO PARA AS CRIANÇAS?

COMO FALAR DO DIVÓRCIO PARA AS CRIANÇAS?   Falar sobre temas dolorosos com os filhos é sempre muito difícil para os pais. Queremos protegê-los da dor […]
18 de setembro de 2015

SER INVEJADO- ISTO É BOM OU RUIM?

  SER INVEJADO- ISTO É BOM OU RUIM? A maior parte dos estudos sobre a inveja foca sua observação na pessoa que sente a inveja. Ser invejado […]
18 de setembro de 2015

DORES ÉTNICAS E LUTOS CULTURAIS

DORES  ÉTNICAS E LUTOS CULTURAIS Dores étnicas e lutos culturais , tais como , assassinato de líderes amados, catástrofes naturais que redundam em elevado número de mortes, […]
18 de setembro de 2015

MORTE E CRIANÇAS

 MORTE E CRIANÇAS Gostei muito deste artigo de Cíntia Marcucci. Ela discute  como falar de morte com as crianças sem banalizar o tema, criar mentiras ou tratar […]
18 de setembro de 2015

MEDO DE DRAMATIZAR

 MEDO DE DRAMATIZAR   Você tem medo de dramatizar? Não é difícil observar um terapeuta jovem perguntar a seu paciente se ele quer dramatizar tal ou qual […]
18 de setembro de 2015

CRÍTICA À PSICANÁLISE OU ÀS PSICOTERAPIAS?

CRÍTICA À PSICANÁLISE OU ÀS PSICOTERAPIAS? Fui convidada e desconvidada para participar de uma palestra, aonde se fazia uma Crítica à Psicanálise ,discutindo o livro de Catherine […]
1 de setembro de 2015

AMIGOS DO ZIPPY – PROGRAMA DE SAÚDE EMOCIONAL DAS CRIANÇAS NO BRASIL

AMIGOS DO ZIPPY O conceito fundamental do programa Amigos do Zippy é muito simples: Amigos do Zippy  é um programa de desenvolvimento emocional e social para os  […]
31 de agosto de 2015

Construindo habilidades sociais na escola primária

Construindo habilidades sociais na escola primária (David Bornstein  é o autor de “Como Mudar o Mundo”, que foi publicado em 20 línguas, e “The Price of […]
25 de agosto de 2015

DESEJO SEXUAL & RELAÇÕES ESTÁVEIS

DESEJO SEXUAL & RELAÇÕES ESTÁVEIS Será que dá para manter o desejo sexual  sempre vivo em relações estáveis como o casamento? Sempre esperamos que nossos amados sejam […]
8 de dezembro de 2014

TOXICODEPENDENCIA,UM HORROR!

   TOXICODEPENDENCIA,UM HORROR! Vejam esta animação que Ilustra os horrores da Toxicodependência: no início, tudo é bem bastante agradável: Um kiwi encontra uma pepita de ouro, […]
8 de outubro de 2014

DORES E DEFESAS DA CRIANÇA DENTRO DE MIM Rosa Cukier

      Você já se sentiu como a criança desta foto? Encolhida num canto, procurando em vão não testemunhar cenas de violência contra você   mesma […]
12 de setembro de 2014

FADIGA DO PSICOTERAPEUTA (BURNOUT) : ESTRESSE PÓS-TRAUMÁTICO SECUNDÁRIO

       FADIGA DO PSICOTERAPEUTA,”BURNOUT” :       ESTRESSE PÓS- TRAUMÁTICO SECUNDÁRIO                          […]
5 de maio de 2011

PSICOSSOCIODRAMA DA INVEJA . ATIRE A PRIMEIRA PEDRA SE VOCÊ PUDER!

   PSICOSSOCIODRAMA DA INVEJA . ATIRE A PRIMEIRA PEDRA SE VOCÊ PUDER! SUMÁRIO  A INVEJA É UM FENÔMENO HUMANO UNIVERSAL E ATEMPORAL. FAZ PARTE DA ESTRUTURA […]